A produção do espaço urbano e os processos de diferenciação socioespacial: uma reflexão envolvendo o Brasil

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Vanessa Manfio

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Artículos
Manfio, V. (2020). A produção do espaço urbano e os processos de diferenciação socioespacial:. Revista De Geografía Espacios, 9(18), 90-101. https://doi.org/10.25074/07197209.18.1414
estadisticas

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Resumen

A produção do espaço é o resultado do trabalho da sociedade no espaço natural e também no urbanizado. Sendo um processo que envolve tempos, ritmos e agentes diferentes, produzindo conflitos, contradições e processos de diferenciação socioespacial que acirram ainda mais a fragmentação espacial. No Brasil, estas questões estão, cada vez mais, presentes nas cidades, principalmente a segregação social é intensa e contribui para proliferação da violência, discriminação, desigualdades, entre outros emblemas urbanos.
Diante disso, este artigo objetiva realizar uma discussão teórica acerca da produção e diferenciação socioespacial, articulando com fatos da realidade brasileira, a fim de contribuir com a Geografia Urbana e com os problemas urbanos brasileiros, buscando pensar numa cidade mais igualitária e social. Para isto, utilizou-se a abordagem descritiva e a análise de literaturas especializadas nas discussões propostas no artigo.
Palavras-chave: cidade, Brasil, Geografia Urbana, construção do espaço, processos e formas espaciais.